SETCERGS - Transporte & Logística

Início / Notícias / Notícias / Paraná: Portos Tem Primeiro Semestre Em Alta

12 de agosto de 2020

Paraná: portos tem primeiro semestre em alta

E-mail

Segundo a empresa pública Portos do Paraná, o primeiro semestre de 2020 registrou um aumento de 13% em movimentação de cargas nos portos do estado em relação ao mesmo período de 2019. Em outros números, a atividade portuária nos terminais de Paranaguá e Antonina contabilizou 28,1 milhões de toneladas em carregamento nos primeiros seis meses do ano.

 

Esses dados refletem a fase positiva do segmento no Brasil, que teve um crescimento de 10,5% no mês de junho de acordo com levantamento da AT&M Tecnologia, empresa de averbação de seguros de transporte de cargas. Em apenas 30 dias, foram movimentados mais de R$ 500 bilhões entre importações e exportações em todo o país.

 

Outro estado que apresentou considerável aumento de movimentação de cargas foi o Amapá, com alta de 33% entre os meses de janeiro e abril deste ano. Ao todo, entraram e saíram dos portos amapaenses mais de 500 mil toneladas de produtos no período.

 

Importações e exportações

 

Das 28 milhões de toneladas movimentadas nos portos paranaenses na primeira metade do ano, quase dois terços representam exportações, um aumento de 18% frente aos seis meses iniciais de 2019. Já as importações tiveram um crescimento de 4% em relação ao ano passado, com mais de nove milhões de toneladas entrando no país.

 

Com 9,2 milhões de toneladas carregadas, uma alta de 59%, a exportação de soja representou um terço do total de produtos movimentados no ano. Já o açúcar foi quem teve o maior aumento em um ano: 70%, com mais de 1,5 milhão de toneladas. Dentre os granéis líquidos exportados, o movimento de derivados de petróleo cresceu 64%, com mais de 360 mil toneladas, entre janeiro e junho. Os contêineres subiram 4%.

 

Dentre as importações, as maiores altas registradas foram de carga geral (12%), com mais de 2 milhões de toneladas, e fertilizantes (8%), com um total de 4,4 milhões de toneladas descarregadas nos portos paranaenses. Os contêineres tiveram 9% de crescimento no período.

 

Fonte: Universo de Negócios

Autoria: Assessoria de Imprensa

 

Voltar Topo Imprimir