SETCERGS - Transporte & Logística

Início / Notícias / Notícias / Melhora A Demanda Por Transporte Rodoviário De Cargas, Aponta 11ª Pesquisa Da Ntc

3 de junho de 2020

Melhora a demanda por transporte rodoviário de cargas, aponta 11ª pesquisa da NTC

E-mail

A demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil terminou a semana de 25 a 31 de maio com queda de 39,7% em relação aos níveis anteriores à pandemia do novo coronavírus. O resultado representa uma melhora de cerca de 1,6% em relação à semana anterior (18 a 24 de maio), de acordo com a 11ª pesquisa Impacto do Coronavírus no TRC, realizada desde março pelo Departamento de Custos Operacionais (DECOPE) da NTC&Logística.

Esse é o melhor índice desde a semana encerrada em 5 de abril, quando o levantamento apontou queda de 38,7%. Até agora, o pior resultado foi o da semana terminada em 19 de abril, quando a queda atingiu 45,2%. Na contagem mensal, maio terminou com melhora de cerca de 3 pontos percentuais em relação a abril, apresentando queda de 40,77% na demanda. 

Queda no faturamento

A pesquisa avalia também a queda no faturamento das empresas. Embora o último resultado, de 93%, tenha sido inferior ao da semana anterior (94%), o presidente da NTC&Logística, Francisco Pelucio, afirma que a situação ainda preocupa. “Mesmo sendo um número menor em relação à semana anterior, ainda é alto. Estamos torcendo para que a retomada aconteça, mesmo que aos poucos, dando atenção e os devidos cuidados com a higiene, para manter a saúde de todos os envolvidos”.

Cargas fracionadas

Para cargas fracionadas, que contêm pequenos volumes, a sondagem mostrou uma melhora de 2,7 pontos na comparação semanal, com a queda alcançando 38,65%. Entre o setor menos afetado está o de supermercados (-25%), enquanto o mais atingido é o de shoppings centers (-64,64%).

Já para cargas lotação, que ocupam toda a capacidade dos veículos e são utilizadas principalmente nas áreas industriais e agrícolas, a retração chegou a 40,25%, melhora de 1 ponto em relação à semana anterior. Nesse quesito, supermercados (-12,75%) voltam a apresentar um dos melhores desempenhos. 

O agronegócio, que vinha sendo um dos segmentos menos afetados, aprofundou a queda para 32,36% e já perde em demanda para parte dos segmentos industriais, bem como para o setor de combustíveis. O pior desempenho, porém, é o da indústria automobilística, com recuo de 56,10% no período.

Veja o resultado completo aqui.

Associado, participe!

No decorrer de todo o período de extensão da pandemia, a entidade permanecerá acompanhando a baixa no volume de cargas até que tudo volte à normalidade. Atenção, associado, responda à Pesquisa de Impacto do Coronavírus no TRC. Acesse este link e fale como está a situação da sua empresa.

A pesquisa deverá ser respondida diariamente, a fim de termos dados realmente consistentes. As informações ajudarão a NTC a fornecer dados para o governo, sobre a realidade enfrentada pelo setor neste momento de crise. Por favor, não deixe de responder, ela poderá ajudar a sua empresa no futuro.

Fonte: NTC

Autoria: Imprensa

 

Voltar Topo Imprimir